terça-feira, 25 de outubro de 2011

Feliz aniversário

 Oi amor, lembra daquela vez que você publicou no Facebook que tinha gente confabulando contra você? Pois é, você não estava enganada, realmente é difícil de esconder alguma coisa de você.  'Ô' sexto sentido infalível - rsrsrsrsrsrsrs...
Espero que pelo menos essa parte da surpresa você não tenha descoberto.
Bem, o fato é que estou aqui, especialmente por você e para você. É seu aniversário e eu infelizmente não posso estar aí com você pessoalmente como eu gostaria. Quero te desejar tudo de bom que uma vida pode te dar, todo sucesso que pode existir e uma saúde infinita pra você aproveitar cada momento lindo que na sua vida terá.
Também estou aqui, pra mais uma coisa. Pra me declarar pra você. Dizer pra quem quiser ouvir, aos quatros ventos o quanto eu te amo, o quanto você é importante pra mim. Você é a mulher dos meus sonhos, literalmente. Sonhei com você antes de te conhecer, do jeito que você é, mas não dei o devido valor a isso até ver que você existia.
Quando eu percebi isso não pude deixar você passar em vão na minha vida. Então fui me sentar do seu lado, lá, naquele ônibus escolar e fiquei te apurrinhando um monte. Nossa, como você teve paciência comigo, nem eu me aguentaria se fosse meu eu de agora com o de antes. Mas o fato é que a princípio queria você como amiga, mas sem eu mesma perceber fui me apaixonando por você de uma forma muito forte e verdadeira. Você percebeu isso e pra esclarecer suas dúvidas quanto ao que eu sentia resolveu criar um e-mail novo com o codinome de "Luciana Saudanha" - shuahsuashuas - como você me atormentou com isso. Eu ficava feliz, triste e com raiva dessa pessoa que me mandava os e-mails, se declarando pra mim e que não queria revelar sua verdadeira identidade pra mim.
Até que um dia você resolveu abrir o jogo e confessou que era você quem estava mandando aqueles e-mail tão lindos. Eu quase morri de felicidade ao ouvir isso, mas não acreditei até você oferecer o login e a senha. Nossa, fiquei tão feliz, com um sorriso imenso, sentia minha pele do rosto tão esticada e por tanto tempo que chegava a doer, tamanha era a felicidade.
Com muito custo nós começamos a namorar, tive que insistir muito com você pra você se dar uma chance de ser feliz. Se aceitar como realmente é e esquecer se as pessoas vão falar mal de você por isso ou não.
Você é tudo na minha vida que me motiva a ser alguém melhor, você tem força, dedicação, é doce, gentil, super educada (e às vezes até demais), uma mulher de fibra e que me faz muito feliz. Tem os olhos mais lindos que já pude ver, um sorriso que me anima mesmo quando eu estou mais triste, a pele mais macia que já toquei, um abraço que me reconforta, um beijo que - NOSSA - me faz sentir viva.
É por isso, amor, e pelo simples fato de você existir que eu te amo. Você entrou nos meus sonhos, fez e faz parte da minha vida e espero que nunca mais saia dela. Quero poder ter a chance de te fazer a mulher mais feliz desse mundo, assim como você me faz agora.
E mais uma vez, parabéns amor, Espero que tenha gostado da surpresa. Te amo muito.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Um novo conceito em privacidade


Para quem deseja manter a privacidade, sem abrir mão do estilo, a Gill Brothers Co. laça no mercado brasileiro um novo conceito de Muxarabi. Com designs feitos de acordo com a necessidade e o gosto do cliente, a Empresa garante exclusividade aliada à qualidade.
O produto, que foi criado pelos árabes para proteger as mulheres dos olhares masculinos, atualmente é utilizado como divisor de ambientes, trazendo para o local um toque oriental ao mesmo tempo em que preserva a intimidade permite a circulação de ar.
Em projeto criado para um médico de origem judaica, a Gill Brothers Co. desenhou um Muxarabi composto por 694 estrelas de davi, posteriormente soldadas, somando mais de 3km de linha de corte.
O produto pode ser produzido em aço, alumínio, cobre ou bronze, com preços que variam de R$3 mil a R$10 mil. A Empresa fornece para qualquer estado com excelência de atendimento desde o desenho da peça até a instalação e acabamento final.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Amor feito Carvalho


Engraçado como é o amor, quando a gente menos espera já estamos envoltos nele e incapacitados de reagir de outra forma se não ceder às loucuras que ele nos aponta. Está certo, esta frase parece mais com uma definição de paixão. Mas a paixão também é uma forma de amar, a diferença está em "o que fazer depois que a paixão passa?".
Eu, por exemplo, continuei amando, cometi minhas loucuras de paixão e não me arrependo de nenhuma delas. Elas me fizeram perceber coisas lindas da vida, coisas que só um louco pode perceber.
A Tainá é minha alma gêmea, aquela que me completa, que termina minhas frases e segue uma linha de raciocínio quase igual a minha. Passamos por maus bocados e o fato de estarmos juntas ainda é sinal de que nos amamos. Esse ano faremos 4 anos de compromisso e estou longe dela. Se eu não a amasse poderia ter feito gato e sapato aqui da mesma forma que ela também poderia ter feito aí. Mas não. Nos respeitamos, nos amamos e por isso nos guardamos. Quero poder voltar como planejei e encontrar minha família, matar saudades deles, encontrar meus amigos e sair muito com eles e matar saudades também e quero muito reencontrar o meu amor, a minha Tainá. A pessoa que me faz feliz sem precisar dizer uma palavra se quer, que me faz feliz por me olhar e sorrir, por sorrir com os olhos, ou simplesmente que me faz feliz por confiar um segredo à mim.
Sexo qualquer um pode ter onde quer que esteja, mas um amor forte como esse que eu sinto por você, puro, verdadeiro, que resiste à qualquer distância, por qualquer tempo, que passa por qualquer obstáculo, deve ser honrado e respeitado, devesse ser cuidado.
Tainá, pessoa que mudou minha vida, deu um sentido significativo pra ela, deu uma razão para eu ME amar. Tainá, minha alma gêmea, minha outra metade, meu outro EU.
Te amo muito, Tainá. Passe o tempo que for, meu amor jamais irá acabar, ele só cresce a cada dia e se torna mais forte. Meu amor por você é como uma árvore, ele nasceu a partir de uma semente pequenina que caiu no meu coração e criou raízes, essa semente germinou, cresceu e se tornou uma árvore muito forte e estável. Tenho certeza que assim como os maiores e mais antigos carvalhos, que devem ter em torno de 200 a 300 anos, meu amor também terá esse prazo, se não mais.

sábado, 2 de julho de 2011

Lição de Vida


Cresci num espaço onde por 5 anos da minha vida fui filha única, recebendo atenção, cuidados e amor exclusivos. Então chegou mais um membro para família, minha irmã. Cuidei dela, brinquei, briguei muito também. Aprendi lições de vida que só quem tem irmão consegue aprender. A lição? Aprender a dividir, a compartilhar. Foi com base nisso (e em outras lições de caráter), em dividir sempre as coisas com seu próximo, que me tornei no que sou hoje.
Estou aqui, em Portugal, fiz amigos aqui, e que agora estão indo embora de volta pras suas casas, pros seus amigos, pra sua família. E eu fico, e pela primeira vez vou ficar sozinha de verdade. Essa idéia me assusta, porque agora não tenho com quem dividir nada.
Vou fazer comida? Antes eu comia com alguém, agora não mais. Tinha que sair? Antes saía com alguém e agora não mais. Tinha que ler, que comprar, que ir ao cinema....? Antes sempre tinha alguém pra compartilhar esse tempo comigo. E agora, por pelo menos 2 meses vou ficar de fato sozinha.
As pessoas que eu amo, minha família, meus amigos, meu amor... Deixei para trás, em busca do meu sonho e este finalmente se tornou realidade e vivê-lo me trás muitas lições (penosas), coisas que eu jamais conseguiria aprender ficando perto dos que eu amo. "O valor que eles têm". Insubstituíveis, todos eles.

Amo todos vocês, obrigada por existirem e fazerem parte da minha vida.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

O que dizer sobre nós?


Bom dia meu amor mais lindo da minha vida. Queria expressar, o que sinto por você, escrevendo mas é impossível. Não existe palavra no mundo capaz de descrever sua beleza, esse seu coração enorme que tem, essa sua força interior que te faz seguir em frente sempre sem nunca desistir. Não existe palavra no mundo capaz de descrever o que sinto por você, e na falta dessa palavra digo que isso é AMOR. Sim 'amor', porque é essa palavra que abrange a maior parte de emoções que sinto por você. Vontade de te fazer feliz, de te cuidar, de estar sempre com você, mas meus sentimentos vão muito além de uma palavra. Eles demonstram através de atitudes e olhares o quanto você é importante pra mim. Sinto minha vida ligada à sua não só nesta vida, mas em uma eternidade. Te enxerguei uma vez e senti que já te conhecia toda uma vida. Talvez isso possa ser dito como "amor a primeira vista", mas mais uma vez eu digo: meus sentimentos vão muito além do que uma palavra pode expressar.
Você faz parte de mim e eu de você, pode-se dizer que somos o Yin Yang, somos os opostos que totalizam um equilíbrio UM NÃO VIVE SEM O OUTRO...
Te amo Tainá

terça-feira, 22 de março de 2011

Portugal

Portugal é tudo de bom, o tempo é ótimo; a maioria das coisas são mais baratas e você fica perto de tudo onde precisa ir. O único problema é a falta de empregos e auxílio do Governo com bolsas acadêmicas. A partir do momento que isso melhorar, Portugal será um lugar "perfeito" pra se viver, pois além do que eu escrevi antes, as pessoas são hospitaleiras, super bem educadas e não ficam mexendo com você, fazendo provocações bestas como havia e ainda deve haver no lugar onde eu nasci e cresci.
Sinto falta da minha família, dos meus amigos e da minha Tainá aqui comigo pra desfrutar tudo de bom que Portugal oferece junto comigo, além é claro dos países vizinhos que eu quero muito conhecer aí por agosto, que será meu mês de férias aqui.

domingo, 6 de março de 2011

Momentos...

Como todos sabem, estou em Portugal. Estar aqui é muito bom, estou aprendendo muito com muitas coisas diferentes, mas como nem tudo é um mar de rosas, também estou sofrendo. Sofrendo porque para eu estar aqui onde estou agora, eu tive que deixar muitas coisas para trás - mesmo que temporariamente - minha família, meus amigos, meu amor, meus gatos (que pra mim são meus filhos). A saudade aperta e machuca com força a cada instante que eu fico sem ter o que fazer.
Para que isso não aconteça, procuro ocupar minha mente de qualquer forma, a todo instante, fazendo várias coisas. Saindo, jogando bola ou simplesmente caminhando à esmo.
Mas as noites chegam e o frio lá fora chega a ser tanto que eu não tenho outra alternativa se não voltar pro quarto. Converso com minha família e meu amor pelo skype e ao mesmo tempo em que estou matando a saudade também sinto mais ainda, pois estou os vendo e não posso tê-los comigo.
Minha melhor amiga, meu amor, minha ouvinte de desabafos, minha confidente se queixou ontem pra mim da minha ausência para com ela. Juro que seu pudesse eu a tele-transportaria para cá para que ela ficasse sempre comigo, pelo menos em corpo, porque na cabeça e do coração ela não sairá jamais, mesmo que eu quisesse (o que não é o caso).
Eu amo todos aqueles que deixei no Brasil. Com certeza amo demais, e me dói saber que eles estão passando por situações complicadas, além de sofrerem com a minha ausência.
Minha irmã está numa fase muito complicada da vida dela, como foi com aconteceu com todos os outros na idade dela, além de que ela pegou uma gripe muito forte. Anda com dor de cabeça, febre, dor de ouvido, garganta ruim e não posso estar lá para reconfortá-la. Minha mãe acha que está com gastrite nervosa pelas dores que ela anda sentindo no estômago. Meu pai está trabalhando noites a fio pra me sustentar aqui. E isso, querendo ou não, pesa a minha consciência.
Momentos bons e ruins ao mesmo tempo estes que estou passando, bom se fosse se todos estivessem aqui comigo, assim eu poderia estar perto de todos e ajudar no que fosse necessário, aprender com o intercâmbio e VIVER!!!
Acredito eu que assim que eu começar a pegar o ritmo da faculdade daqui, estudar mesmo, o ano irá passar voando e logo tudo isso irá se acabar. Porém, penso seriamente em voltar pra cá depois que concluir meus estudos. Talvez fazer uma pós graduação aqui na Europa ou no Canadá, talvez. Só que quando eu voltar, quero trazer comigo, pelo menos a Tainá, o único e grande amor da minha vida, aquela a qual não tenho mais como viver sem.
Aproveito este post também para dizer que amo muito a minha mãe, a mulher que me criou, que me educou, a quem sou grata todos os dias da minha vida, porque é graças a ela que sou o que sou. Assim como da mesma forma, agradeço meu pai, pelos mesmos motivos. Cada um com seu jeito de pensar e de agir. A combinação das atitudes dos dois que me fizeram ser como sou, creio eu uma pessoa determinada a atingir meus objetivos, mesmo que tendo que fazer sacrifícios; uma pessoa que adora distribuir carinho; uma pessoa muito bem educada com todos. Claro que tenho também meu defeitos, mas isso todo mundo tem.

Quero finalizar com duas frases de grandes filósofos antigos (Sócrates e René Descartes): "Só sei que nada sei" e "Penso, logo existo". Creio que estas duas frases venham bem a calhar neste momento que estou vivendo.